domingo, 11 de novembro de 2012

Paul Signac (11/11/1863-15/08/1935)


Paul  Victor Jules  Signac (nasceu em Paris a 11 de Novembro de 1863 e  faleceu também em Paris a 15 de Agosto de 1935) foi um dos principais pintores neo-impressionistas. Homem muito culto, apaixonado por arte, literatura, ciência, política e viagens, foi um caso à parte dentro dos pintores do seu tempo. O seu trabalho é o trabalho de um pintor absolutamente convicto e coerente com as suas ideias.
Com Georges Seurat criou o "Pontilhismo"  derivado da escola impressionista.
A prosperidade dos negócios da família deu-lhe a independência financeira necessária para poder desenvolver a sua arte. Um grande amante de navios e navegação, viveu a maior parte da sua vida a bordo do seu navio, o Olympia, assim chamado  em homenagem ao famoso quadro de Manet.
A sua formação foi essencialmente como autodidacta, começando primeiramente com o estudo da obra de Claude Monet e outros impressionistas. 
Muitos dos trabalhos de Signac são paisagens, inspiradas na luz do sol do sul da França, onde viveu durante 20 anos, mas também pintou alguns retratos e composições de figuras. 
Em 1899 Signac publicou a obra De Eugène Delacroix ao Neo-impressionismo. Em 1908 foi eleito presidente da Sociedade dos Artistas Independentes, tendo mantido esse cargo até 1935, ano em que faleceu.
Fontes: artdirectory
Biografias y Vidas
Wikipedia (Imagens)

Arquivo: Seurat Paulo Signac.jpg
Retrato de Paul Signac - Georges Seraut
Arquivo: Paul Signac Dimanche.jpg
Domingo - Paul Signac
Arquivo: Paul Signac, Grand Canal (Venise) jpg.
Grand Canal-Paul Signac


Sem comentários:

Enviar um comentário