segunda-feira, 23 de março de 2015

133.º Aniversário de Emmy Noether

Nascida em Erlangen, na Alemanha, em 23 de Março de 1882, Emmy Noether, considerada como a criadora da álgebra moderna, foi uma matemática e física alemã de origem judaica, conhecida pelas suas contribuições inovadoras na álgebra abstracta e na física teórica.
Seu primeiro nome era Amalie, mas ela era conhecida pelo nome do meio, Emmy. A sua mãe, Ida Amalia Kaufmann Noether, veio de uma família rica da Colónia. O seu pai, Max Noether, professor na Universidade de Erlangen, foi um matemático que trabalhou na teoria das funções algébricas. Dois dos seus três irmãos mais novos tornaram-se cientistas - Fritz foi um matemático e Alfred obteve um doutoramento em química.
Estudou alemão, inglês, francês, aritmética e deu aulas de piano. Em 1900, tornou-se professora nas escolas de meninas da Baviera. No entanto, ela decidiu tomar o caminho difícil para uma mulher daquela época e estudar matemática na universidade. Noether obteve permissão para estudar na Universidade de Erlangen onde permaneceu entre 1900 e 1902. Em 1903 foi para a Universidade de Göttingen. Assistiu a palestras de Blumenthal, Hilbert, Klein e Minkowski, em 1903 e 1904.
Completou a sua dissertação intitulada "On Complete Systems of Invariants for Ternary Biquadratic Forms", obtendo o seu doutoramento, summa cum laude, em 2 de Julho de 1908.
Em 1915, Klein e Hilbert convidaram-na para colaborar com eles num trabalho sobre a teoria da relatividade, acreditando que a sua experiência e conhecimentos lhes seriam úteis.
Considerada por Albert Einstein, e outros, como a mulher mais importante na história da matemática, Emmy foi uma grande algebrista, que para além de ter trabalhado com álgebra abstracta, dando atenção especial aos anéis, grupos e corpos, trabalhou também na teoria dos ideais e das álgebras não-comutativas.
Noether foi capaz de provar dois teoremas que são essenciais para a teoria da relatividade resolvendo o problema da conservação da energia que é conhecido pelos físicos como o “teorema de Noether”.
Mas o seu sucesso não duraria muito tempo. Em 1935 teve complicações decorrentes de uma operação para remover um tumor uterino, morrendo pouco depois, a 14 de Abril, com 53 anos.
Fontes:www.uc.pt
Infopédia
wikipedia (imagens)
 
 
133º Aniversário de Emmy Noether
 
Homenagem Google a Emmy Noether

Sem comentários:

Enviar um comentário