sexta-feira, 26 de junho de 2015

26 de Junho de 1925: Estreia do filme:" A Quimera do Ouro"

Clássico do cinema mudo, escrito e realizado em 1925 por Charles Chaplin, The Gold Rush foi interpretado pelo próprio Chaplin e ainda por Georgia Hale, Mack Swain, Tom Murray, Henry Bergman e Malcolm Waite.
A inspiração para o filme foi uma fotografia de pesquisadores no Klondike em 1898, que Chaplin viu na casa de Douglas Fairbanks e Mary Pickford.
Filmado em condições difíceis na Sierra Nevada, A Quimera do Ouro narra as aventuras de um vagabundo prospetor de ouro (Chaplin) no Alasca que se apaixona pela bela Georgia e tenta conquistá-la com o seu charme. O seu único amigo é o gigante Big Jim McKay (Mack Swain), mas a sua relação vai da alegria até às tendências homicidas, particularmente quando, num delírio causado pela fome, Big Jim alucina julgando que Chaplin se transformou numa galinha. Esta é uma das várias cenas antológicas do filme que atravessaram gerações até aos mais novos. Outra das mais inesquecíveis acontece quando Chaplin, esfomeado, transforma a bota e o atacador no seu bife e esparguete, feita refeição surreal. Mas talvez a mais popular de todas seja a "dança dos pãezinhos", de tal forma que em algumas exibições da época os projecionistas paravam a fita e repetiam a cena para gáudio dos espectadores.
Apesar da tristeza que as sequências de fome emanam, o filme acaba bem: Chaplin encontra ouro, torna-se milionário e, no regresso à Califórnia, fica com Georgia.
O papel de Georgia (a apaixonada do vagabundo) foi originalmente escrito para Lita Grey - mulher de Chaplin na altura, mas devido à sua gravidez acabou substituída por Georgia Hale.
Em 1942, Chaplin fez uma nova montagem do filme, adicionando-lhe diálogos e música e encurtando a duração das duas horas originais para 71 minutos. Esta versão do filme obteve duas nomeações para os Óscares desse ano: Melhor Banda Sonora e Melhor Som.


A Quimera do Ouro. In Infopédia [Em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2013.
wikipedia (Imagens)


File:Goldrush2.jpg


Sem comentários:

Enviar um comentário