domingo, 9 de agosto de 2015

09 de Agosto de 1173: Tem início a construção da Torre de Pisa

Em 1186 deveria estar concluída a parte superior da fachada, quando Bonanno Pisano trabalhou o portal principal. A construção da torre, por seu turno, decorreu entre 1173 e 1356.
A catedral da cidade de Pisa é um excelente exemplar da arquitectura românica desta região. A direcção das obras foi primeiramente entregue ao arquitecto Buscheto e depois continuada pelo mestre Rainaldo, que terá sido sucedido por Guglielmo.
No frontispício destacam-se as portas de bronze de Bonanno Pisano, de desenho de Raffaello Pagni, executadas pelos discípulos de Giambologna, muito afectadas pelo incêndio da catedral em 1595. No interior, de três naves, ostentam-se colunas de influência árabe, um fresco do mestre de S. Torpé, discípulo de Giotto, e um pavimento em mosaico. O púlpito desta igreja é uma das últimas obras de Giovanni Pisano e na nave central encontramos a lâmpada de Galileu de Vicenzo Possenti (1587), projectada por G. B. Lorenzi.
O baptistério foi erigido sobre uma construção dos séculos VII-VIII. O ano de 1153 marca o início das obras com Diotisalvi. No século XIII o projecto foi retomado por Guido Bigarelli e na segunda metade do século XIV por Zibellino de Capraris.
A torre, de forma cilíndrica, foi construída como campanário da catedral e a sua posição inclinada tem uma origem muito complexa, possivelmente ligada à qualidade do solo (terreno de aluvião). O arquitecto que a iniciou foi Gerardo di Gerardo. A obra foi interrompida e voltou a estar operacional de 1257 a 1284 com Giovanni di Simone. Os trabalhos foram concluídos entre 1350-1356.
Conta a história que a Torre também foi usada por Galileu Galilei numa experiência de gravidade.
Este conjunto monumental da Piazza del Duomo em Pisa foi classificado Património Mundial pela UNESCO em 1987.

A inclinação da Torre

Por ter sido construída sobre um terreno de argila e areia, materiais pouco firmes para sustentar uma edificação daquele porte, a torre encontra-se inclinada. Projectada para abrigar o sino da catedral de Pisa, no norte da Itália, a torre foi iniciada  no dia 9 de Agosto de 1173: os seus três primeiros andares mal tinham acabado de ser erguidos quando foi notada uma ligeira inclinação, devido ao afundamento do terreno e ao assentamento irregular das fundações.
O engenheiro encarregue do projecto, Bonnano Pisano, tentou compensar a inclinação construindo os demais cinco andares ligeiramente mais altos do lado em que a estrutura pendia para baixo - mas o excesso de peso só fez a torre afundar ainda mais.
A construção só terminou na segunda metade do século XIV e, ao longo dos séculos, foram feitas várias tentativas de aprumar a estrutura de oito andares, mas de nada adiantaram. Em 1930, o ditador italiano Benito Mussolini ordenou que a Torre ficasse em posição vertical mas as tentativas só acabaram por aumentar a inclinação. Durante o século XX, a torre passou a inclinar-se cerca de 1,2 milímetro por ano. Quando essa pendência em relação ao eixo chegou a 4,5 metros, em 1990, ela foi fechada ao público. Desde então, várias propostas foram feitas para salvar a torre, até que uma delas,  foi escolhida. Os trabalhos começaram em 1997. A proposta vencedora era simples e, ao mesmo tempo, extremamente eficaz: tirar, aos poucos, terra do lado inclinado e reforçar a fundação com placas de chumbo para evitar qualquer perigo de desmoronamento enquanto o trabalho era realizado, além disso, foi injectado cimento nos muros que circundam a torre.
A obra custou 25 milhões de dólares e só terminou em Junho de 2001, reduzindo em 40 centímetros a inclinação da torre, que foi reaberta ao público em 15 de Dezembro do mesmo ano.
Fontes: Catedral, Batistério e Torre de Pisa. In Infopédia [Em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2013.
mundoestranho.abril.com
wikipedia(Imagens)

 File:Pisa Cathedral & Leaning Tower of Pisa.jpg
Ficheiro:Leaning tower door.JPG
Entrada da Torre
Ficheiro:Leaning tower of pisa 2.jpg

Sem comentários:

Enviar um comentário