terça-feira, 22 de setembro de 2015

Thomas Woodrow Wilson e os Catorze Pontos

Thomas Woodrow Wilson foi um político norte-americano nascido a 28 de Dezembro de 1856, em Staunton, Virgínia, e falecido a 3 de Fevereiro de 1924, em Washington. Foi reitor da Universidade de Princeton e em 1911, como membro do Partido Democrata tornou-se governador de New Jersey. Foi o vigésimo oitavo presidente norte-americano, entre 1913 e 1921. Durante a Primeira Guerra Mundial, conseguiu elevar os Estados Unidos da América a primeira potência mundial. Como tentativa de negociar a paz formulou Os Catorze Pontos que se fundavam no direito dos povos e na segurança colectiva e esteve na origem da criação da Sociedade das Nações. 

Os Catorze Pontos 

O presidente norte americano Woodrow Wilson foi um dos personagens centrais no processo de paz que sucedeu à Primeira Guerra (1914-1918). Foi Wilson quem redigiu o tratado dos 14 pontos que determinou as directrizes para a paz e foi o embrião da Sociedade das Nações. Devido ao seu trabalho com o tratado, ganhou o Prémio Nobel da Paz de 1919. Os 14 pontos foram apresentados a 8 de Janeiro de 1918 ao Congresso dos EUA, que rejeitou o tratado. A rejeição deixou os EUA de fora da Sociedade das Nações. Depois das complexas negociações entre as nações vencedoras e aliadas, que envolveram discussões sobre a posse de terras dominadas e conflitos anteriores à Primeira Guerra, uma versão reformulada do tratado de 14 pontos foi aprovada. Um mês depois, em 28 de junho de 1919, em Paris, o estatuto da Sociedade das Nações foi assinado como parte do Tratado de Versalhes, que definiu as cláusulas do fim da guerra.

Os 14 pontos da proposta de paz de Woodrow Wilson são os seguintes:


1- Convenções de paz, preparadas “às claras”, após as quais não haverá mais acordos 
particulares e secretos; (…) a democracia agirá sempre francamente e à vista de todos. 
2- Liberdade absoluta de navegação nos mares, fora das águas territoriais, tanto em 
tempo de paz como em tempo de guerra (…). 
3- Supressão de todas as barreiras económicas e estabelecimento de condições comerciais 
iguais para todas as nações (…). 
4- Troca de garantias suficientes de que os armamentos serão reduzidos ao mínimo 
compatível com a segurança interna. 
5- Uma concertação livremente debatida de todas as reivindicações coloniais, baseada na 
estrita observação do princípio segundo o qual, na regulação destas questões de 
soberania, os interesses das populações em jogo terão o mesmo peso que as 
reivindicações equitativas do governo. 
6- Evacuação integral do território russo e regulação de todas as questões envolvendo a 
Rússia (…) com a finalidade de dar à Rússia toda a latitude para decidir, em plena 
independência, sobre o seu desenvolvimento político e a sua organização nacional (…) 
7- É imprescindível que a Bélgica seja evacuada e restaurada (…). 
8- Todo o território francês deve ser libertado e as regiões invadidas devem ser 
restauradas; o prejuízo causado à França pela Prússia em 1871, no que respeita à 
Alsácia-Lorena (…) deverá ser reparado (…). 
9- Deve concretizar-se uma rectificação das fronteiras italianas, conformemente os dados 
claramente perceptíveis do princípio das nacionalidades. 
10- Aos povos da Áustria-Hungria (…) deve ser garantida, o mais cedo possível, a 
possibilidade de um desenvolvimento autónomo. 
11- A Roménia, a Sérvia e o Montenegro devem ser evacuados; à Sérvia deve ser 
assegurado um livre acesso ao mar (…). 
12- Às regiões turcas do actual império otomano devem ser garantidas a soberania e a 
segurança; mas às outras nações actualmente sob domínio turco deve ser garantida 
uma segurança absoluta de existência (…) Os Dardanelos devem permanecer abertos 
como passagem livre para os navios e comércio de todas as nações. 
13- Deve formar-se um Estado polaco, abrangendo os territórios habitados pelas 
populações indiscutivelmente polacas, às quais se deve garantir um livre acesso ao mar 
(…). 
14- É necessário que uma organização geral das nações seja constituída (…) tendo como 
objectivo assegurar garantias mútuas de independência política e integridade 
territorial tanto aos pequenos como aos grandes estados. 

Mensagem ao Congresso, Janeiro de 1918 (adaptado) 


Fontes: Thomas Woodrow Wilson. In Infopédia [Em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2011.
wikipedia (Imagens)

File:Thomas Woodrow Wilson, Harris & Ewing bw photo portrait, 1919.jpg
Presidente Woodrow Wilson


Sem comentários:

Enviar um comentário