quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Universidade de Yale recebe juro de obrigação emitida em 1648


A Universidade de Yale vai receber 136,20 euros em juros de uma obrigação emitida há 367 anos. Segundo a Bloomberg, a obrigação perpétua foi emitida em 1648 por uma empresa de gestão de recursos hídricos holandesa, a de Stichtse Rijnlanden, que pretendia construir um dique no rio Lek, uma continuação do Reno. Para tal, contraiu então um empréstimo de mil florins (a antiga moeda holandesa) com maturidade perpétua.
Pouco mais de três séculos e meio depois, em 2003, o documento em pele de cabra que regista a contracção da dívida foi comprado pela Universidade de Yale (foi fundada no século XVIII) por 24 mil euros devido ao seu interesse histórico.
O documento, com o nome “Lekdijk Bovendams”, tem a particularidade de ser um dos cinco registos mais antigos do mundo que ainda rendem juro. O valor do juro chega a 136,20 euros porque, desde que a universidade adquiriu o registo, a instituição não recebeu qualquer quantia.
Como a empresa ainda existe, a Universidade de Yale contactou a de Stichtse Rijnlanden para receber o montante. Uma porta-voz da empresa holandesa disse à Bloomberg que os 136,20 euros seriam liquidados na próxima segunda-feira. 
Fonte: Público

Documento foi registado em pele de cabra

Sem comentários:

Enviar um comentário