quarta-feira, 7 de outubro de 2015

A Internacional Comunista (Komintern)

Organismo coordenador das organizações socialistas e das classes trabalhadoras, foi fundado em 1864, em Londres, com a designação de Associação Internacional de Trabalhadores. A I Internacional, dirigida por Karl Marx, exerceu uma influência considerável na união dos trabalhadores europeus dos finais do século XIX. Os seus fundadores eram os mais importantes líderes da classe trabalhadora da altura. Apesar da sua ação unitária frente ao capitalismo e à burguesia, foi palco de grandes conflitos internos motivados por diferenças ideológicas, de que resultou a exclusão dos anarquistas de Bakunine, em 1872. A I Internacional seria dissolvida em 1876.
A Internacional Socialista (nome dado à II Internacional) foi fundada em 1889, em Paris, e federava os partidos socialistas e os sindicatos que vieram a exercer grande influência sobre a ideologia, a política e os movimentos das classes trabalhadoras desde a última década do século XIX até ao eclodir da Primeira Guerra Mundial. Este congresso estabeleceu o 1 de maio como o dia internacional da solidariedade operária. A II Internacional viria a provar a existência de uma diversidade de opiniões entre a fação maioritária reformista "nacionalista" e os revolucionários marxistas "internacionalistas". A Revolução Russa de 1917 veio consumar a separação entre socialistas e comunistas (1919). A II Internacional foi dissolvida em 1939 e retomada em 1951 pelo Congresso de Frankfurt, dando origem à Internacional Socialista que, ainda hoje, tem como ideal político o socialismo democrático.
A III Internacional (Komintern) foi criada por Lenine e Trotsky, pelo Congresso de Moscovo, em 1919. Reunia todos os partidos comunistas, funcionando como um órgão de controlo soviético. O Komintern seria dissolvido por Estaline, em 1943, e substituído pelo Kominform (1947-1956), criado na Polónia, criado para servir de organismo coordenador dos partidos comunistas.
A IV Internacional foi fundada por Trotski, em 1938. Foi dominada pelos comunistas adeptos da revolução permanente e, portanto, opositores de Estaline. O seu ideal político influenciou especialmente certos países da América Latina em que se verificou o surgimento de movimentos de guerrilha.
Fontes:Infopédia
wikipedia (imagens)
 

Boris Kustodiyev-II Congresso da Internacional
 
 
Revista da Internacional Comunista
 
 
Hino da Internacional
 

Sem comentários:

Enviar um comentário