domingo, 8 de novembro de 2015

08 de Novembro de 1923: Primeira tentativa nazi de tomada de poder, com o golpe da Cervejaria

O Golpe da Cervejaria, também conhecido como o Golpe de Munique (em Alemão: "Hitlerputsch" ou Hitler-Ludendorff-Putsch) foi uma tentativa fracassada de revolução que ocorreu entre a noite de 8 de Novembro e o início da tarde de 9 de Novembro de 1923, quando o líder Nazi do Partido de Adolf Hitler, o "Generalquartiermeister" (o director geral) Erich Ludendorff, e outros chefes da Kampfbund (Liga das Sociedades da luta patriótica e do Partido Nacional-Socialista Alemão) tentou, sem sucesso, tomar o poder em Munique e na Alemanha.

Conjuntura

1923, ano que os alemães apelidaram de "ano desumano" havia começado mal. Em 11 de Janeiro, as tropas franco-belgas ocupam a bacia do Ruhr, principal fonte de riqueza do país, a fim de obrigar os alemães a pagar as reparações de guerra a que o Tratado de Versalhes os havia condenado.

A instabilidade política e a "resistência passiva" à ocupação estrangeira levam a greves por todo o país assim como a uma vertiginosa alta de preços.

Em Outubro de 1923, era necessário algumas dezenas de milhares de marcos para comprar um dólar americano ou pão. Este contexto encoraja a acção revolucionária.

Em Berlim, o presidente da República Friedrich Ebert e o chanceler Gustav Streseman decretam Estado de emergência em 26 de Setembro, enquanto o economista Hjalmar Schacht tenta estancar a inflação criando uma moeda provisória, o rentenmark. A Baviera recusa o que chama de ‘‘ditadura dos prussianos de Berlim’’ e proclama no mesmo dia o seu próprio Estado de Emergência, entregando poderes ditatoriais a um triunvirato formado por Gustav von Kahr, o general Otto von Lossow, comandante do Exército, e o coronel Hans von Seisser, chefe da polícia.

A ameaça do separatismo bávaro paira sobre o país. É o momento que Hitler escolhe para apoderar -se do poder em Munique.

O golpe fracassado

Em 8 de Novembro,numa grande cervejaria local, a Bürgerbraükeller, três mil pessoass ouvem o triunvirato.

A cervejaria é brutalmente invadida pelos militantes do partido nazi. o seu chefe, Hitler, sobe a um estrado. Revólver em punho, ele empurra os dirigentes bávaros para uma sala e  intima-os a entregar-lhe o poder, porém os dirigentes resistem. Desconcertado, Hitler tenta na manhã seguinte retomar a iniciativa, planeando ocupar o Ministério da Guerra da Baviera. Uma centena de policias, que permaneceram fieis às forças locais, apesar dos apelos dos nazis, impedem o avanço dos manifestantes nazis.

Aos primeiros tiros de fogo, os agitadores debandam, o chefe em primeiro lugar. Contaram-se 16 mortos.O ‘‘Putsch da Cervejaria’’ termina com um completo fracasso. O chefe nazi é preso dois dias depois. Ao cabo de um processo tempestuoso, no curso do qual exibe seu talento propagandístico, Hitler é condenado a 1 de Abril de 1924 a cinco anos de prisão. Cumpriria apenas nove meses.

Deixa a prisão de Landsberg a 20 de Dezembro de 1924 com um manuscrito ditado no cárcere ao seu fiel Rudolf Hess. Nele anuncia o seu projecto político para a Alemanha. O título: "Mein Kampf" (" A Minha Luta").

O nacional-socialismo  apresentava-se  como uma alternativa revolucionária ao comunismo bolchevique. Dizia responder às aspirações dos proletários, dos desempregados e dos ‘lumpens’ alemães que rejeitavam seguir os bolcheviques russos, tidos por alguns germânicos como "gente inculta e desprezível".

Ao pregar um nacionalismo visceral, o partido de Hitler seduzia também numerosos patriotas sinceros, revoltados com o humilhante acordo de Versalhes.


A ascensão de Hitler ao poder em menos de oito anos deve-se antes de mais nada às circunstâncias e  à crise económica de 1929, que interrompe a clara recuperação económica, social, política e cultural da democracia alemã nascida em Weimar dez anos antes.

Com a multiplicação dos desempregados e o decorrente aumento da miséria, o Partido Nazi vê o número de seus apoiantes crescer vertiginosamente.

De 176 mil em 1929, o número de filiados ao partido nazi ascende a 806 mil em 1931 e a 4 milhões em 1933. Os nazis não tinham mais que 12 deputados em 1928. Obtêm 107 nas eleições legislativas de 1930 e  transformam-se no segundo partido alemão.
wikipedia (Imagens)
Os participantes no Golpe da Cervejaria da esquerda para a direita:  Pernet, Weber, Frick, Kiebel, Ludendorff, Hitler, Bruckner, Röhm e Wagner.
File:Bundesarchiv Bild 102-00344A, München, nach Hitler-Ludendorff Prozess.jpg

 Forças nazis na Praça Central de Marienplatz durante o Putsch de Munique, em 1923Ficheiro:Bundesarchiv Bild 119-1486, Hitler-Putsch, München, Marienplatz.jpg

Sem comentários:

Enviar um comentário