terça-feira, 15 de dezembro de 2015

15 de Dezembro de 1939: Estreia-se o filme "E Tudo o Vento Levou", de Victor Fleming, em Atlanta, EUA

E Tudo o Vento Levou (Gone with the Wind, no original), de 1939 e cuja estreia data de 15 de dezembro do referido ano, é um dos filmes mais conhecidos da história do cinema. Realizou-o Victor Fleming, coadjuvado por Sam Wood e George Cukor, e teve David O. Selznick como produtor. Os papéis principais foram desempenhados por Vivien Leigh, Clark Gable, Olivia de Havilland e Leslie Howard. Trata-se de um filme romântico e histórico. A ação tem lugar em vésperas da Guerra Civil Americana, durante e depois, no estado da Georgia. O espectador assiste ao desvanecer dos privilégios (e, até certo ponto, dos preconceitos) aristocráticos na construção de uma nova ordem social nos Estados Unidos da América, acompanhando o percurso de Scarlett O'Hara: a morte dos pais; a perda da fortuna e da posição da família; os seus casamentos sucessivos, até se unir a Rhett Butler e, nos minutos derradeiros do filme, ser abandonada por ele; a sua enorme força de vontade, ambição e mesmo falta de escrúpulos. Baseado num romance de cordel da autoria de Margaret Mitchell (1900-1949), E Tudo o Vento Levou conseguiu - mercê do seu carácter épico, de algumas cenas de produção espetacular (como o incêndio de Atlanta), do aproveitamento da cor, do desempenho dos atores, etc. - os favores do público e da crítica. Apesar disso, as rodagens foram bastante atribuladas: George Cukor, que inicialmente tomara a seu cargo a direção, foi despedido por Selznick devido a influências de Clark Gable, que entrara em choque com o carácter disciplinador de Cukor. Para além disso, Leigh e Gable chegaram a protagonizar acesas discussões durante as filmagens e Leigh chegou mesmo a ameaçar abandonar o filme devido ao mau hálito de Gable, especialmente nas cenas de beijos. Apesar de tudo, foi um dos filmes mais bem sucedidos da História do cinema, tendo ganho os Óscares para Melhor Filme, Melhor Realizador (Fleming), Melhor Atriz (Leigh), Melhor Direção Artística (Lyle Wheeler), Melhor Argumento (Sidney Howard), Melhor Fotografia (Ernest Haller), Melhor Montagem (James Newcom) e Melhor Atriz Secundária (Hattie McDaniel, que se tornou na primeira atriz negra a vencer o galardão).

E Tudo o Vento Levou. In Infopédia [Em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2011.
wikipedia (imagens)








Sem comentários:

Enviar um comentário