sábado, 2 de janeiro de 2016

02 de Janeiro de 1554: Morre D. João Manuel, Príncipe de Portugal, pai de D. Sebastião

D. João Manuel, príncipe herdeiro de Portugal, nasceu em Évora no dia  3 de Junho de 1537 e faleceu a  2 de Janeiro de 1554. D. João Manuel era filho de D. João III e de D. Catarina de Áustria, pais de uma prole de nove infantes que viriam a morrer consecutivamente. D. João Manuel nasceu Infante e tornou-se Príncipe herdeiro de Portugal em 1539 depois da morte na infância dos seus quatro irmãos mais velhos.  Em 11 de Janeiro de 1552 casou por procuração com a formosíssima D. Joana, filha de Carlos V e irmã do futuro Filipe II. O príncipe morre com 16 anos, sem a certeza de deixar descendência. Eram dois belos jovens que se amavam. A jovem princesa encontrava-se grávida do futuro Sebastião, o Desejado. E, para não inquietar o seu estado, durante dezoito dias, desde a morte do príncipe a 2 de Janeiro e o nascimento do filho a 20 do mesmo mês, a Corte simulou o trágico acontecimento e não se vestiu de luto. D. João era de saúde frágil, morreu de diabetes juvenil (diabetes tipo I, uma doença auto-imune).
Enviuvando, D. Joana regressa a Espanha a pedido do seu pai, que tencionava abdicar, confiando a educação do filho, com apenas três meses, à sua sogra Catarina de Áustria (que era também sua tia). Uma vez em Espanha, assumiu o cargo de regente do reino, em virtude do pai se achar ausente, assim como o irmão, Filipe II, que se encontrava em viagem pelos Países Baixos e pela Inglaterra, onde viria a casar com Maria Tudor.
Fontes: DHP
wikipedia (imagens)

D. João Manuel retratado por António Moro


D. Joana, consorte de D. João Manuel

Sem comentários:

Enviar um comentário