domingo, 20 de março de 2016

20 de Março de 1815: Napoleão Bonaparte entra em Paris para iniciar o governo dos Cem Dias

Tratado de Fontainebleau, de 1814, exila Napoleão na Ilha de Elba, mas  dá-lhe o direito a uma pensão de 2000 francos e de poder  ser acompanhado de uma escolta com 400 militares; além disso, o seu título de imperador é mantido. Quando chega à ilha, a 4 de Maio de 1814, ele acaba por passar dificuldades, pois a sua pensão não é paga. Separado da esposa e do filho e sabendo de rumores que diziam que ele iria ser banido para uma ilha remota no meio do Oceano Atlântico, Napoleão escapa de Elba em 26 de Fevereiro de 1815. Ele aportou em Golfe-Juan, em França, dois dias depois. O 5º Regimento foi enviado para interceptá-lo. Napoleão encarou toda a tropa sozinho, e quando se encontrou sob a linha de fogo, proferiu, "Aqui estou eu! Matem o vosso imperador, se assim o quiserem!" Os soldados responderam com "Vive L'Empereur! (Viva o Imperador!)" e marcharam com Napoleão até Paris, de onde Luís XVIII fugiu. Assim, Napoleão reconquista o poder.
Inicia-se então o Governo dos Cem Dias. Napoleão tenta fazer uma constituição baseada no liberalismo, contrariando as expectativas dos republicanos, que queriam o regresso da Revolução e a perseguição aos nobres. A Europa coligada retoma a luta contra o Exército francês. Napoleão entra na Bélgica em Junho de 1815, mas é derrotado por uma coligação anglo-prussiana na Batalha de Waterloo e abdica pela segunda vez, pondo fim ao Império Napoleónico
A monarquia dos Bourbon voltou ao poder em França. Bonaparte foi levado para o exílio novamente. Desta vez, os britânicos decidiram exilá-lo ainda mais longe do continente europeu, foi para a ilha de Santa Helena, onde  ficaria até  à sua morte em Maio de 1821.
Wikipedia (imagens)
Caricatura - O exílio de Naopleão Bonaparte para a Ilha de Elba - Autor desconhecido
File:Napoleon's exile to Elba3.jpg
Napoleão abandona a Ilha de Elba -Joseph Beaume

Sem comentários:

Enviar um comentário