terça-feira, 29 de março de 2016

29 de Março de 1891: Morre o pintor francês Georges Seurat, fundador da escola francesa do neo impressionismo e o criador do pontilhismo.

Pintor francês, nascido a 2 de Dezembro de 1859 e falecido a 29 de Março de 1891, foi o fundador da escola francesa do neo impressionismo e o criador do pontilhismo, uma técnica de pintura constituída pelo uso de um número elevadíssimo de pequenos pontos coloridos. Esta técnica é considerada precursora de certas correntes modernistas dos inícios do século XX. 
Georges Seurat nasceu numa família abastada. O seu pai, Antoine Chrysostome Seurat, era funcionário público. Em 1877, ingressou na Escola Superior de Belas-Artes de Paris. Um dos seus professores foi um discípulo de Jean-Auguste-Dominique Ingres. Seurat foi fortemente influenciado por Rembrandt e Francisco Goya. Os seus estudos na Escola de Belas Artes foram interrompidos durante um ano devido à prestação de serviço militar na base de Brest. Depois de ver uma obra sua rejeitada pelo Salão de Paris, Seurat aliou-se aos artistas independentes da referida cidade. Em 1884, ele e outros pintores (incluindo Maximilien Luce) formaram a Société des Artistes Indépendants. Fazia parte deste movimento o pintor Paul Signac com o qual  Seurat partilhou as suas ideias  sobre o pontilhismo. Seurat morreu em Paris aos 31 anos de idade. A causa da sua morte é incerta, e foi atribuída a uma  meningite. O seu filho morreu duas semanas depois da mesma doença. O último trabalho realizado pelo pintor, O Circo, foi deixado inacabado.
Fontes: Georges-Pierre Seurat. In Infopédia [Em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2012. 
             Wikipedia

Ficheiro:Georges Seurat 1888.jpg
Georges Seurat em 1888

Arquivo: Um domingo em La Grande Jatte, de Georges Seurat, 1884.png
Uma Tarde de Domingo na Ilha de Grande Jatte- Georges Seurat

Arquivo: Seurat bathers.png
Banhistas em Asnières- Georges Seurat
File:Georges Seurat 036.jpg
Figuras sentadas - Georges Seurat
Arquivo: Georges Seurat 019.jpg
O Circo - Georges Seurat

Sem comentários:

Enviar um comentário