sexta-feira, 27 de maio de 2016

27 de Maio de 1941: Segunda Guerra Mundial , o navio de guerra alemão Bismarck é afundado, ao largo de França

Considerado o navio de guerra mais bem equipado do planeta, o moderno e rápido Bismarck era a menina dos olhos da Marinha germânica. O Bismarck foi o primeiro couraçado da classe Bismarck construído pela Kriegsmarine. Baptizado em homenagem ao Chanceler Otto von Bismarck, um dos grandes responsáveis pela unificação da Alemanha em 1871. Só sucumbiu, a 27 de Maio de 1941, após ser perseguido por mais de 100 embarcações britânicas ao longo de sete dias de operações no Atlântico - operações essas que começaram após o Bismarck deixar Gotenhafen, nas primeiras horas do dia 19 de Maio. O cruzadores-irmãos Norfolk e Suffolk, que patrulhavam o Estreito da Dinamarca, avistaram o Bismarck no dia 23 de Maio, dando a informação da localização do inimigo ao comandante da frota britânica, almirante John Tovey. Sem demoras, este enviou o Hood e o Prince of Wales para o cerco ao Bismarck.

Na madrugada de 24 de Maio, ambos já estavam na costa da Gronelândia, e, às 5h53, dispararam contra o couraçado, cujos canhões responderam em eco ao ataque. A terceira salva do Bismarck atingiu o Hood,  alguns segundos depois, uma explosão decretou o fim do cruzador, que afundou em poucos minutos e deixou apenas três sobreviventes da sua tripulação de 1.416 - o timoneiro Ted Briggs, o marinheiro Robert Ernest Tilburn e o aspirante William Dundas.
Entretanto, o Bismarck também não sairia ileso da batalha: foi atingido no seu flanco o que causou vazamento de óleo, esgotando o seu suprimento e contaminando os outros tanques de combustível. O almirante alemão Gunther Lütjens percebeu que isso significaria o fim da jornada do couraçado pelo Atlântico e dirigiu-se para reparos em Saint-Nazaire, sentido Sul - ainda que a prudência o recomendasse a seguir sentido Norte, para as altas latitudes norueguesas. 
 
Seguiu-se uma procura frenética  do Bismarck por parte da Marinha Real britânica.O Bismarck foi localizado a 160 quilómetros de Brest, na França - muito próximo não apenas da defesa dos submarinos U-boat como também dos aviões da Luftwaffe ali baseados. Entretanto, a Marinha Real agiu rápido. Do porta-aviões Ark Royal, partiram 14 caças Swordfish, que atingiram, por volta das 21h, o golpe crucial: um torpedo que atropelou as hélices e arrancou o leme. A velocidade, que no início da retirada era de 28 nós, caiu para 3 nós. Além disso, sem direcção, o couraçado começou a andar em círculos. O comandante da embarcação, Lütjens, pouco antes da meia-noite, transmitiu uma mensagem aos seus superiores. "Sem condições de manobrar o navio. Lutaremos até o último cartucho. Vida longa ao führer!"
 
Era o início da noite de agonia do gigante ferido do Reich. Na madrugada de 27 de Maio, cinco contratorpedeiros assediaram o Bismarck, atingindo-o por duas vezes; ao amanhecer, apresentaram-se  também o King George V e o Rodney, atirando contra a embarcação alemã.  Padecendo em chamas, com a totalidade ds seus canhões mudos, o Bismarck afundou às 10h36. Mais de 2.200 tripulantes morreram, incluindo o almirante Lütjens, que completava 52 anos naquela data. Pouco mais de uma centena de germânicos foram salvos pelas embarcações britânicas presentes na área.
wikipedia (Imagens)
O lançamento do Bismarck, 14 de Fevereiro de 1939

Bismark em 1940
Rodney disparando contra o Bismark 

Sem comentários:

Enviar um comentário