quinta-feira, 16 de junho de 2016

16 de Junho de 1904: James Joyce narra um dia da vida de Leopold Bloom em "Ulisses"

O enredo de Ulisses, um marco na moderna literatura mundial e um dos mais célebres romances do irlandês James Joyce,  desenrola-se num só dia, o 16 de Junho de 1904. Daí nasceu o Bloomsday, uma celebração organizada por fãs de Joyce de cerca de 60 países do mundo. A imaginação é ainda mais intensa em Dublin, capital da Irlanda, onde os acontecimentos da narrativa são reconstituídos e um itinerário percorre toda a cidade.

Em Ulisses há aparentemente a simples história do dia-a-dia do típico irlandês Leopold Bloom. Ele prepara  o seu pequeno almoço, sai para comprar o  jornal, vai ao pub e assim por diante.

À hora do almoço é tradição parar no pub Davy Byrne, na rua Duke, para uma taça de burgundy (vinho de Bordéus) e uma sanduíche de queijo gorgonzola, exactamente como Bloom fazia. À tarde, o hotel Ormond é o lugar ideal para uma cerveja, onde Bloom era tentado pelas raparigas que serviam bebidas na sala de reuniões Sirens.

Os anos posteriores a 1904 tornaram  impossível a exacta reconstituição do itinerário do protagonista. A casa de Bloom na rua Eccles 7, já não existe e o quarteirão da luz vermelha (Nighttown), em que o alucinante capítulo Circe tem lugar, foi arrasado. Restam apenas sinais das suas ruas.

As celebrações do Bloomsday incluem também leituras de Ulisses, concursos de sósias de James Joyce e várias outras actividades literárias.

James Joyce (1882–1941) foi talvez o mais influente e célebre escritor do século XX. Era mestre do inglês e explorador singular dos seus recursos linguísticos. Ulisses inscreve-se entre as grandes obras da literatura universal e utiliza diversas técnicas e estéticas literárias radicais.

O ano de 1922 foi fundamental na história do modernismo da literatura de língua inglesa, pois há a publicação deUlisses e também do poema The Waste Land de T. S. Elliot. No enredo, Joyce  vale-se de um fluxo de consciência, turbilhão de impressões, sensações e raciocínios que se desenrolam em nível superficial. Essa modalidade estética é também conhecida como monólogo interior, mecanismo segundo o qual os pensamentos da personagem são apresentados de maneira nem sempre sincrónica. Trata-se do oposto do solilóquio, procedimento em que a personagem expõe oral e logicamente as suas reflexões.

O livro situa as personagens da Odisseia de Homero na Dublin moderna. Parodia Odisseu (Ulisses), Penélope e Telémaco em Leopold Bloom, sua esposa Molly Bloom e Stephen Dedalus. O livro explora diversas áreas da vida de Dublin, estendendo-se por toda a sua degradação e monotonia.

Torna-se, assim, um estudo detalhado da cidade. Joyce afirmava que, se Dublin fosse destruída por alguma catástrofe, poderia ser reconstruída tijolo por tijolo, usando como modelo a sua obra. Para atingir este nível de precisão, chegou a empregar uma edição de 1904 do Thom’s Directory - uma obra que listava os proprietários e possuidores de cada imóvel residencial ou comercial da cidade. Ele também tinha amigos que ainda viviam na cidade e pedia informações e esclarecimentos.

O livro é composto por dezoito capítulos, cada um abrangendo aproximadamente uma hora do dia. Começa por volta das oito horas da manhã e termina em algum ponto após as duas da madrugada do dia seguinte. Cada um dos dezoito capítulos emprega o seu próprio estilo literário. Cada um deles também  refere-se a um episódio específico da Odisseia de Homero e tem associado a si uma cor, ciência ou órgão humano. Esta combinação de escrita caleidoscópica com uma estrutura extremamente formal e esquemática é uma das maiores contribuições do livro para o desenvolvimento da literatura modernista do século XX.

Outro ponto é o uso da mitologia clássica como a armação para a construção do livro. O foco permanece quase obsessivo nos detalhes exteriores. Isto paradoxalmente num livro em que boa parte dos acontecimentos ocorre no interior das mentes das personagens. O leitor é convidado a entrar na mente de Leopold Bloom e ouvir cada um de seus pensamentos, não importando o quão triviais se revelem ou o quão esporadicamente apareçam. Num instante poderia estar a pensar na sua mulher, em outro sobre a necessidade de comprar sabonetes.
Fontes: Opera Mundi
wikipedia (imagens)
Capa da primeira edição de Ulisses

 

Sem comentários:

Enviar um comentário