terça-feira, 26 de julho de 2016

26 de Julho de 1894: Nasce o escritor britânico Aldous Huxley, autor de "Admirável Mundo Novo"

Filho de uma família de classe média alta, Aldous Huxley nasceu a 26 de Julho de 1894 em Godalming, Inglaterra e teve uma educação privilegiada. Devido a um problema na retina, quase ficou cego aos dezasseis anos. Parcialmente recuperado, aprendeu braile. Estudou no Eton College e no Balliol College, em Oxford, licenciando-se em inglês em 1916.

O seu primeiro volume de poemas foi publicado em 1916 e em 1920 lançou mais duas obras. Actuou como crítico literário e teatral e escreveu artigos para várias revistas. Em 1919 Huxley casou-se com Maria Nys, com quem teve um filho, Mathew.

Em 1921 publicou o seu primeiro livro de crítica social, "Crome Yellow". Durante a década de 1920, Aldous Huxley conviveu com o grupo de Bloomsbury, o qual integrava artistas, intelectuais e escritores, como Virginia Woolf, e publicou mais de uma dezena de livros, entre os quais "Contraponto", que obteve grande sucesso.

Em 1930, Aldous Huxley estabeleceu-se na França, onde escreveu a sua obra mais conhecida, "Admirável Mundo Novo", com a qual ganharia fama internacional. Através de uma sombria ficção científica, o escritor estabeleceu uma visão pessimista de uma futura sociedade tecnológica.

Em 1937, Huxley mudou-se para a Califórnia, nos Estados Unidos, onde abandonou a ficção e passou a dedicar-se a escrever ensaios e guiões para cinema. Entre os vários guiões que elaborou, estão "Orgulho e Preconceito", uma adaptação do romance de Jane Austen, de 1940, e "Jane Eyre", de 1944, com Orson Welles no elenco.

Em 1954 Huxley publicou "As Portas da Percepção", em que relata a experiência de ampliação da consciência através do uso da mescalina, um potente alucinogénio. Huxley tornou-se um guru para a comunidade hippie e passou a interessar-se por filosofias orientais. Em 1956, um ano depois da morte da primeira esposa, Huxley casou-se com a psicoterapeuta Laura Archera.

Em 1962 o escritor lançou seu último romance, "A Ilha". Aldous Huxley morreu no dia 22 de Novembro de 1963, no mesmo dia em que o presidente John F. Kennedy foi assassinado.

 wikipedia (imagens)
Aldous Huxley

Admirável Mundo Novo

Sem comentários:

Enviar um comentário