terça-feira, 12 de julho de 2016

Análise da obra:" Retrato de Lunia Czechowska", de Amedeo Modigliani


A polaca Lunia Czechowska, dona de traços refinados, foi uma das grandes amigas de Amedeo Modigliani. Morou com ele durante algum tempo, quando o seu marido, Cazimir, foi recrutado para combater na Primeira Guerra Mundial. Cazimir estava entre os amigos do negociante de arte Léopold Zborowski (1889-1932), o patrono e amigo de Modigliani. 
O período em que Modigliani conheceu Lunia coincidiu com a época que ele teve um relacionamento com Jeanne Hébuterne no final de 1916 início de 1917. Modigliani  sentiu-se desde logo fortemente atraído por Czechowska, e representou-a em 14 obras, desenvolvendo uma forte ligação emocional com ela. 
Nesta composição denominada Lunia Czechowska (1917?), Modigliani retrata a sua amiga dos ombros para cima, num magistral estudo das formas, em que lembra a arte egípcia (Busto da Rainha Nefertite de Amarna).
ORetrato de Lunia Czechowska mostra algumas características específicas das pinturas de Modigliani: a composição geométrica vertical com o rosto oval, pescoço longo, os olhos em forma de amêndoa e a compactação escultural. Em nenhum lugar encontramos decoração desnecessária, predomina a simplicidade. Ainda mais do que nas suas obras anteriores, a analogia com a escultura está presente neste retrato.
Lunia é retratada de perfil, com o pescoço alongado, que ainda se faz maior devido ao facto de ter os cabelos presos em forma de coque. Ela veste uma camisa branca de gola alta, que cobre as suas costas delgadas, deixando à vista parte do colo, que também contribui para que o pescoço pareça mais alongado ainda. Uma fina linha preta contorna a figura.A bela Lunia, em primeiro plano, reina sozinha, sem que nada possa desviar a atenção do observador de tão bela figura. Modigliani retrata-a de uma forma aparentemente fria, distante, como se fosse uma máscara mortuária. Ao mesmo tempo, porém, o trabalho exala grande graça e uma forte sensualidade,
Segundo alguns críticos de arte, a beleza quase mística que Modigliani atingiu nesta composição, ele não a conseguiu nem mesmo nos retratos da sua amada Jeanne Hébuterne.
Fontes: wikipedia (imagens)
Doris Krystof: Amedeo Modigliani 1884-1920
http://virusdaarte.net/modigliani-lunia-czechowska/


Modigliani 8.jpg
" Retrato de Lunia Czechowska", de Amedeo Modigliani

Lunia Czechowska


Lunia Czechowska





Sem comentários:

Enviar um comentário