domingo, 9 de outubro de 2016

09 de Outubro de 1940: Nasce o músico britânico John Lennon, cofundador dos "Beatles".

Cantor e compositor inglês nascido a 9 de outubro de 1940, em Liverpool. 

Entre 1963 e 1970, compôs e cantou grande parte dos êxitos dos Beatles.
A sua carreira a solo começou um ano antes da dissolução do grupo, em 1968, com o álbum Unfinished Music No. 1 - Two Virgins, cuja capa mostra John Lennon e Yoko Ono nus. Seguiram-se-lhe Unfinished Music No. 2 - Life With The Lions (1969) e The Wedding Album (1969). Estes três álbuns apresentavam música de cariz experimental e vanguardista, pouco acessível ao consumidorpop.
Formou a Plastic Ono Band em 1969. Para além de Lennon e Ono, o grupo foi composto por Eric Clapton, guitarra, Klaus Voorman, teclas, e Alan White, bateria. Editaram três singles: "Give Peace A Chance" (1969), um hino à paz, "Cold Turkey" (1969), uma canção rock sobre o problemático afastamento das drogas, e "Instant Karma" (1970), um protesto político, que se tornou no seu maior sucesso até então. A sua carreira não pode estar dissociada das inúmeras ações a favor da paz mundial e dos sucessivos protestos contra a guerra que levou a cabo, quer através da música, quer em iniciativas públicas na televisão ou nas ruas.
Após a dissolução dos Beatles, em 1970, saiu John Lennon - Plastic Ono Band, o álbum que constituiu um corte com o passado quer pelas letras amargas, quer pela sonoridade mais agressiva. "Mother", "Working Class Hero" e "God" estão entre os temas mais conhecidos do álbum.
Depois da edição do single "Power To The People", ainda em 1971, surgiuImagine, com maior sucesso comercial que o seu antecessor. O tema-título ficou como o mais forte da sua carreira a solo, quer pela simplicidade melódica, quer pela intemporalidade da letra. Deste álbum fazem parte "How Do You Sleep", interpretado como um ataque a Paul McCartney, "Gimme Some Truth", uma crítica aos políticos, e "Jealous Guy", um clássico mais tarde recuperado por Bryan Ferry. Em dezembro saiu o single "Merry Christmas (War Is Over)".
Em 1972 saiu Sometime In New York City, um duplo álbum de intervenção política carregado de letras amargas e canções melódicas, como são exemplo "Luck Of The Irish" e "Woman Is The Nigger Of The World". Este álbum foi o resultado da aproximação de Lennon a radicais norte-americanos como Abbie Hoffman, Jerry Rubin e John Sinclair.
Seguiram-se Mind Games (1973), Walls And Bridges (1974), com o êxito "Whatever Gets You Through The Night" e Rock' n' Roll (1975), com uma versão de "Stand By Me" de Ben E. King.
Em 1980 foi lançado pela editora Geffen Records Double Fantasy, um álbumpop escrito, composto e cantado equilibradamente por Lennon e Ono. Dele fazem parte os temas "Just Like Starting Over" e "Woman".
A 8 de dezembro de 1980 foi assassinado à porta de sua casa em Nova Iorque, EUA, por Mark Chapman, um admirador, a quem assinara o autógrafo momentos antes.
Nos anos posteriores à sua morte foram lançados vários álbuns com material nunca antes editado, o primeiro dos quais foi Milk And Honey (1984). Outras edições: The John Lennon Collection (1982), John Lennon: Live In New York City(1986) e Imagine John Lennon: Music From The Original Motion Picture (1988), a banda sonora para um documentário sobre Lennon.
Em 1998 foi editado The John Lennon Anthology, um conjunto de quatro CDs contemplando toda a sua carreira, a solo e com a Plastic Ono Band.
Foi casado duas vezes. Do seu primeiro casamento (agosto de 1962), com Cynthia Powell, nasceu Julian Lennon. Do seu segundo casamento (março de 1969), com Yoko Ono, nasceu Sean Lennon.
Das edições mais recentes, destaque para o DVD Legend (2003), uma recolha de alguns momentos em palco de John Lennon (20 canções) e episódios particulares da sua vida com Yoko, a sua detenção por posse de marijuana, brincadeiras com o filho Sean. Este registo é um testemunho da personalidade conturbada e da vida atribulada de John Lennon, uma figura ímpar na músicapop, elevada ao altar da imortalidade pela mais cruel das formas: a morte.
Fontes: Infopédia
wikipedia (imagens)


Os Beatles em 1964




Sem comentários:

Enviar um comentário