terça-feira, 18 de outubro de 2016

18 de Outubro de 1517: Nasce o padre Manuel da Nóbrega, jesuíta português, um dos responsáveis pela evangelização dos índios no Brasil

Manuel da Nóbrega foi um padre português que embarcou para o Brasil em 1549, com o governador-geral Tomé de Souza, chefiando o primeiro grupo de jesuítas. Sob o seu comando, estes padres deram início ao trabalho de catequização, isto é, a tentativa de conversão dos índios brasileiros à religião católica.
Manuel da Nóbrega nasceu em Sanfins do Douro, em Portugal, no dia 18 de Outubro de 1517. Era filho do desembargador Baltasar da Nóbrega e sobrinho de um chanceler-mor do Reino.Licenciou-se em direito canónico e filosofia, pela Universidade de Coimbra, em 1541. Três anos depois, tornou-se sacerdote da Companhia de Jesus, uma ordem religiosa fundada por Santo Inácio de Loyola em 1540. Os padres da Companhia eram conhecidos como jesuítas, ou “soldados de Cristo”.
O padre Manuel da Nóbrega era um ardente pregador do Evangelho. Durante 21 anos, prestou serviços na tarefa de colonização do Brasil. Ele dedicou-se à educação e à evangelização tanto dos filhos dos colonos como dos filhos dos índios. Como tinha muita capacidade de organização, dirigiu, a partir da Bahia, o trabalho de companheiros nas capitanias de Pernambuco, Porto Seguro e São Vicente. Participou da fundação das cidades de Salvador e do Rio de Janeiro.
Foi dele a iniciativa de criar o Colégio de São Paulo nos campos de Piratininga. O projecto foi concretizado por ele em conjunto com o padre José de Anchieta, em 1554, no que ficou marcado como o episódio da fundação da cidade de São Paulo. O local em que foi criado o colégio (e a cidade) é onde hoje fica o Pátio do Colégio, no centro de São Paulo.
Foram Manuel da Nóbrega e José de Anchieta que conseguiram estabelecer, em 1563, o acordo de paz com os índios tamoios, que eram aliados dos franceses. Reunidos em Iperoig, no litoral paulista, eles planeavam um ataque devastador à vila de São Vicente e ao porto de Santos. Ao conseguir pacificar os chefes tamoios, Nóbrega e Anchieta evitaram o massacre dos habitantes das primeiras cidades brasileiras, assegurando a presença portuguesa no sul do Brasil.
O padre Manuel da Nóbrega também teve importante papel na vitória sobre os franceses estabelecidos na baía da Guanabara. Após a expulsão dos invasores, em 1567, colaborou de modo decisivo no povoamento do Rio de Janeiro, núcleo iniciado em 1565 por Estácio de Sá. Morreu no Rio de Janeiro em 18 de Outubro de 1570, no dia em que completava de 53 anos.
Fontes: padre Manuel da Nóbrega. In Britannica Escola Online. Enciclopédia Escolar Britannica, 2014. Web,
wikipedia (imagens)

Selo português, comemorativo do 4º centenário da fundação da cidade de São Paulo, no Brasil, fundada por Nóbrega e o seu colaborador Anchieta.


Partida de Estácio de Sá, quadro de Benedito Calixto, mostra Nóbrega a benzer a esquadra que vai combater os franceses


1 comentário:

  1. já pesquisei muito, mas não achei nada que informe onde está os restos mortais do Pe. Manuel da Nóbrega, será que alguém tem alguma informação?

    ResponderEliminar