terça-feira, 18 de outubro de 2016

18 de Outubro de 1739: António José da Silva, "O Judeu", é executado, num auto de fé, por ordem da Inquisição

Poeta, comediógrafo e advogado, dito o Judeu, nasceu em 1705, no Rio de Janeiro, e veio a ser executado em 1739, em Lisboa. É considerado o dramaturgo português mais importante entre Gil Vicente e Almeida Garrett. Originário de uma família de cristãos-novos, perseguida pela Inquisição, facto que lhe valeu a alcunha de "o Judeu", chegou do Rio de Janeiro a Portugal, com 8 anos, para o julgamento da sua mãe. Este incidente permitiu-lhe estudar em Lisboa e mais tarde em Coimbra, onde se formou em Direito (1728).

As suas comédias foram escritas em prosa, embora com alguns recitativos poéticos,  destinavam-se à representação essencialmente por bonifrates. Situa-se a sua obra na transição da comédia espanhola para o melodrama italiano. Calderon, Tirso de Molina e Lope de Vega foram algumas das influências sofridas.No Teatro do Bairro Alto foram representadas algumas das  suas  comédias, em que incluía números musicais:  Vida de Esopo (1734), Os Encantos de Medeia (1735) Labirinto de Creta (1736)  Guerras do Alecrim e Manjerona (1737).

Em 1726 foi preso pelo Santo Ofício juntamente com a mãe e libertado meses depois. Pouco tempo após a sua estreia no teatro, em 1733, o comediógrafo casou-se com uma prima judia de quem teve uma filha. Quatro anos depois, em 1737, António foi preso pela Inquisição, juntamente com a mãe e a esposa (Leonor de Carvalho). A mãe e a mulher seriam libertadas posteriormente.
António José da Silva foi  torturado. O processo decorreu com notória má-fé por parte do tribunal e o autor foi condenado, apesar de a leitura da sentença deixar transparecer que ele não seria, de facto, judaizante.Como era regra com os prisioneiros que, condenados, afirmavam desejar morrer na fé católica, António José da Silva foi garrotado antes de ser queimado num Auto-de-Fé em Lisboa  no dia 18 de Outubro de 1739.  

A história deste autor inspirou Bernardo Santareno, ele próprio de origem judaica, a escrever a peça O Judeu, que, por sua vez, tem o mesmo titulo que a obra do romancista português Camilo Castelo Branco, que retrata a vida de varias gerações da família de António José da Silva até à sua morte.
António José da Silva. In Infopédia [Em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2013. 
Resultado de imagem para antónio josé da silva o judeu
António José da Silva

Selo de 2010 dedicado a António José da Silva
 

Sem comentários:

Enviar um comentário