domingo, 18 de dezembro de 2016

18 de Dezembro de 1892: Estreia do bailado "Quebra-nozes", de Tchaikovsky, em São Petersburgo

Conto de natal de Ernst Theodor Amadeus Hoffmann, publicado em 1881, que deu origem a um bailado com música de Tchaikovski e coreografia de Marius Petipa e Lev Ivanov. A acção decorre no século XIX, na Europa Oriental, na casa de Jans Stahlbaum, que passa a noite de Natal com a família e os amigos. Estes são aguardados com grande expectativa por Clara, Louise e Fritz, filhos dos donos da casa, ansiosos por prendas.
Clara recebe do padrinho, Drosselmeyer, o grande animador da festa, um lindo quebra-nozes em forma de soldado. Os irmãos, com inveja, tiram-lhe o presente, acabando por danificá-lo. O padrinho para consolar a afilhada, que ficara triste com o sucedido, garante-lhe que tudo se resolverá.
Terminada a festa, vão todos dormir. Clara acorda e que o Quebra-Nozes ganha vida. Como, na sala, havia barulho de ratos, o soldadinho convoca os seus companheiros para lutar contra eles e o seu rei. Depois de matar este, Quebra-Nozes transforma-se num Príncipe e leva Clara a conhecer o Reino das Neves e o dos Doces. Neste último, a Fada Açucarada organiza uma festa, onde dançam todas as figuras do reino, em homenagem à menina. Por fim, Clara e o Príncipe regressam a casa.
Clara acorda, apercebendo-se de que tudo não passara de um sonho maravilhoso.




O Quebra-Nozes. In Infopédia [Em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2012.
Wikipedia(imagens)



Ficheiro:Nutcracker design.jpg




Montagem do cenário por Konstantin Ivanov para a encenação original no Teatro Mariinsky (1º Acto)

File:Nutcracker1892.jpg
Produção original de O Quebra Nozes -1892


Sem comentários:

Enviar um comentário