quinta-feira, 9 de março de 2017

09 de Março de 1500: A armada de Pedro Álvares Cabral parte de Lisboa, rumo a Calecute, viagem que resulta na"descoberta" do Brasil

09 de Março de 1500: A armada de Pedro Álvares Cabral parte de Lisboa, rumo a Calecute, viagem que resulta na"descoberta" do Brasil
Pedro Álvares Cabral é o navegador português, a quem é atribuída a descoberta do Brasil, nasceu em Belmonte, em 1467 ou 1468, filho do alcaide-mor daquela localidade. Com cerca de 10 anos foi para a corte e, uns anos mais tarde, viria a casar-se com uma sobrinha de Afonso de Albuquerque. 
Sabe-se que D. João II lhe concedeu uma tença, embora se ignorem os motivos.Depois do regresso de Vasco da Gama da Índia, em 1499, Pedro Álvares Cabral foi nomeado comandante de uma frota de treze navios cuja partida foi programada para 8 de Março de 1500, embora tenha sido adiada para o dia seguinte, devido ao mau tempo. Uma cerimónia foi organizada pela ocasião da partida, a tripulação recebeu uma despedida pública que incluiu uma missa e comemorações com a presença do rei, da corte e de uma enorme multidão.
Rumo ao Ocidente, a frota chegou às ilhas Canárias cinco dias depois da partida e dirigiu-se para o arquipélago de Cabo Verde, onde uma nau desapareceu no mar. Após tentar em vão encontrá-la, o comandante decidiu seguir a viagem. Cruzou a linha do Equador a 9 de Abril, seguindo uma rota para o sudoeste que avançava nessa direcção, comparativamente ao caminho seguido por Vasco da Gama. Ao entardecer do dia 22 de Abril, ancorou em frente a um monte, baptizado de Pascoal, no litoral Sul do actual estado da Bahia. Antes de continuar a viagem para a Índia, os navegantes permaneceriam ali até o dia 2 de Maio, tomando posse da terra, "em nome de d. Manuel I e de Jesus Cristo". Pedro Álvares Cabral mandou um navio a Portugal com a nova da descoberta e seguiu para a Índia, chegando a Calecute a 13 de Setembro de 1500. Vários barcos se perderam, entre eles o de Bartolomeu Dias, que naufragou perto do Cabo da Boa Esperança, que ele próprio dobrara anos antes pela primeira vez. Depois de cumprir a sua missão no Oriente, Pedro Álvares Cabral regressou em 1501 e foi fixar-se nos seus domínios, na zona de Santarém, onde acabaria por falecer em 1520.
Pedro Álvares Cabral. In Infopédia [Em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2013.
wikipedia (imagens)

Ficheiro:Pedro Alvares Cabral.jpg
Pedro Álvares Cabral aos 32 ou 33 anos de idade em uma pintura do início do século XX.
Ficheiro:Nau de Pedro Álvares Cabral.jpg
Nau de Pedro Álvares Cabral

1 comentário:

  1. A maior epopeia vivida pelo homem, as grandes navegações e conquistas portuguesas, forjadas na coragem e na luta dos bravos lusitanos. Essa é a história viva, escrita para vencer o tempo e ficar marcada e lembrada para sempre. Viva os heróis da pátria de Camões. Viva Portugal!

    ResponderEliminar