sexta-feira, 21 de abril de 2017

21 de Abril de 1960: É inaugurada a cidade de Brasilia, substituindo o Rio de Janeiro como capital do Brasil

No dia 21 de Abril de 1960 a cidade de Brasília foi inaugurada como capital do Brasil.
Apesar de ter sido idealizada na primeira Constituição da República, de 1891, a construção de Brasília só ocorreu na gestão de Juscelino Kubitschek (1956-1961), sendo a meta síntese do seu famoso Plano de Metas. Com o lema “Cinquenta anos em cinco”, Juscelino Kubitschek queria basear o seu governo num modelo de desenvolvimento económico acelerado, transformando o Brasil agrário e “atrasado” num país industrializado e “desenvolvido”. O plano dava prioridade a cinco sectores: energia, transporte, indústria de base, alimentação e educação. Juscelino Kubitschek, assim, investiu principalmente na construção de rodovias e,movido por um ideal de integração do território nacional, transformou a antiga ideia de levar a capital para o coração do país em realidade.
A inauguração de Brasília, aguardada ansiosamente pelos brasileiros, ocorreu no mesmo dia em que possivelmente aconteceu a fundação de Roma (753 a.C.), o centro do maior império da Antiguidade Clássica e, hoje, capital da Itália; e também na mesma data em que se lembra a morte de Joaquim José da Silva Xavier – o Tiradentes -, conhecido por ter sido o herói da Inconfidência Mineira.
Ciente da importância histórica do 21 de Abril, Juscelino Kubitschek  acordou bastante cedo para iniciar o dia de celebração, no qual a capital seria transferida oficialmente do Rio de Janeiro para Brasília. Logo pela manhã, o presidente ouviu o toque da alvorada pela Banda do Batalhão de Guardas, e, depois hasteou a Bandeira Nacional brasileira em Frente à nova sede do Governo, o Palácio do Planalto.
“Brasília já vem sendo apontada como demonstração pujante da nossa vontade de progresso, como índice do alto grau da nossa civilização. Já a envolve a certeza de uma época de maior dinamismo, de maior dedicação ao trabalho e à Pátria, despertada, enfim para seu irresistível destino de criação e força construtiva”, declarou Juscelino, ao encerrar o discurso de instalação do Poder Executivo no Planalto.
Baseada no Plano Piloto de Lúcio Costa, vencedor de concurso público em 1957, Brasília era o símbolo do desenvolvimento brasileiro.
wikipedia (imagens)
Edifício-sede do Congresso Nacional
Ficheiro:Congresso do Brasil.jpg
Ficheiro:GUSTAVE HASTOY - Assinatura do projeto de Constituição de 1891.jpg
Gustave Hastoy: Assinatura do projeto da Constituição de 1891, c. 1891. Fundação Casa de Rui Barbosa, Rio de Janeiro
Ficheiro:Brasilia - Plan.JPG
Lúcio Costa: Esboço do Plano Piloto

Sem comentários:

Enviar um comentário