terça-feira, 17 de julho de 2018

17 de Julho de 1945: II Guerra Mundial. Início da Conferência de Postdam, entre os EUA, Reino Unido e URSS, que consagra os sectores de influência aliada no pós-guerra.

A partir de 17 de Julho de 1945, os EUA, o Reino Unido e a União Soviética passaram a estabelecer as directrizes político-económicas para a Alemanha no pós-Guerra. A seguir, enviaram um ultimato ao Japão, exigindo a rendição.
No dia 17 de Julho de 1945, os chefes de governo dos Estados Unidos, Reino Unido e União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS), vencedores da Segunda Guerra Mundial, reuniram-se pela terceira vez no contexto do conflito. Antes, haviam acontecido as conferências de Teerão (em 1943) e de Ialta (Fevereiro de 1945).
Quando os Aliados se reuniram em Potsdam, nas proximidades de Berlim, em Julho de 1945, começava a desgastar-se a aliança estabelecida em Junho de 1941, com a invasão da Alemanha nazi.
A Conferência de Potsdam significou uma reviravolta nas relações Leste-Oeste. Os seus principais protagonistas foram o novo presidente norte-americano, Harry S. Truman, que em Abril de 1945 havia substituído Franklin Delano Roosevelt;  José Estaline da URSS; e o primeiro-ministro britânico Winston Churchill, destituído durante a conferência e substituído por Clement Attlee.

Os chefes de governo e os seus ministros do Exterior pareciam entre dois mundos: com a incursão das suas Forças Armadas no Leste Europeu, a URSS havia criado uma hegemonia que tão cedo não seria equiparada. Já a Inglaterra consolidava a sua posição como parceira dos Estados Unidos. Enquanto isso, o governo Truman tentava inverter a política pró-soviética do seu antecessor.

Em Potsdam, o choque de interesses entre Moscovo e os seus aliados ocidentais ficou bem mais evidenciado que nas duas conferências anteriores. Depois dos testes bem-sucedidos com a bomba atómica naquele Julho de 1945, Truman pretendia o apoio da URSS na guerra contra o Japão, mas ao mesmo tempo queria evitar uma ocupação soviética naquela região asiática. Já a União Soviética, por seu lado, distanciou-se definitivamente das nações ocidentais, marcando o início de uma nova era: a Guerra Fria.
A conferência estabeleceu as directrizes básicas para a administração da Alemanha logo depois do fim do conflito. Além da histórica decisão de dividir a Alemanha em quatro zonas de ocupação, foi criado um conselho de ministros das Relações Exteriores, com sede em Londres e a participação de representantes do Reino Unido, União Soviética, China, França e Estados Unidos.
Entre os principais objectivos da conferência daquele 17 de Julho estavam a criação de directrizes para o tratamento da Alemanha derrotada, questões de reparação de guerra, além da nova fronteira para a Polónia, ao longo dos rios Oder e Neisse, assim como os acordos de paz com a Itália, Bulgária, Finlândia, Hungria e Roménia.
Fontes: DW
wikipedia(imagens)
Attlee, Truman, e Estaline em Potsdam
Ficheiro:Clement Attlee, Harry S. Truman, Joseph Stalin and their principal advisors - Potsdam Conference 1945.jpg
File:Bundesarchiv Bild 183-R67561, Potsdamer Konferenz, Konferenztisch.jpg
Uma fotografia da Conferência

Sem comentários:

Enviar um comentário