quarta-feira, 2 de dezembro de 2020

02 de Dezembro de 1891: Nasce o pintor alemão Otto Dix

 Otto Dix, filho de Franz Dix e de Louise Amann nasceu em Gera, na Alemanha, a 2 de Dezembro de 1891 e faleceu em Singen a 25 de Julho de 1969. Dix foi estudante na Escola de Artes e Ofícios de Dresden.

Com o início da I Guerra Mundial em 1914, Dix  voluntariou-se para o Exército Alemão e foi designado para um regimento de artilharia de campo em  Dresden. Dix foi ferido várias vezes durante o conflito.
Depois da guerra adoptou um discurso político de esquerda e as suas obras reflectem cada vez mais as questões políticas da época. Dix revoltou-se com a forma como os ex-soldados feridos e estropiados eram tratados na Alemanha.
A devastação da Alemanha dos anos vinte era uma evidência. Greves e manifestações eram uma constante, soldados mutilados pediam esmolas. Oficiais faziam o mesmo: não tinham uma ou as duas pernas. Outros vagueavam pelas ruas.A Alemanha era um estado empobrecido, endividada pelos gastos extraordinários com a Guerra. Os heróis de ontem, que nas trincheiras  tinham impedido a invasão da Alemanha, viviam  agora de forma miserável, sem ter um vintém no bolso nem um local para ficar. 
A I Guerra Mundial destruíra um mundo.Todo o sentimento e orgulho dos europeus pertencerem a uma civilização superior, condutora do planeta, sofrera um golpe irreparável. A violência e os massacres que ocorreram, a utilização indiscriminada da capacidade de matar ou aterrorizar utilizada pela Europa abalara com tudo. Daí a busca de uma nova objectividade - Die Neue Sachlichkeit - como o movimento fundado por Otto Dix e George Grosz, seu parceiro de estilo, foi designado. Algo eles tinham que fazer para denunciar, com a máxima exactidão possível, o que se passara nos campos de batalha e na vida do após-guerra. Não podiam refugiar-se em escapismos. As suas obras reflectem pois essa época negra vivida na Alemanha.
Em 1933 Hitler chegou ao poder. O regime nazi não apreciava as obras anti - militares de Dix e o pintor foi demitido da sua função como tutor de arte na  Academia de Dresden. A carta de demissão de Dix dizia que o seu trabalho “ameaçava minar a vontade do povo alemão de se defender”.
Várias das obras anti bélicas de Dix foram destruídas pelas autoridades nazis na Alemanha.

Em 1939 Dix foi preso e indiciado por envolvimento num atentado contra Hitler. As acusações acabaram por ser retiradas. Dix foi recrutado para a II Guerra Mundial e no final da mesma foi capturado e enviado para um campo de prisioneiros de guerra.
wikipedia (Imagens)
noticias.universia.com.br


Arquivo: Bundesarchiv Bild 183-45912-0002, Berlim, Otto Dix-Ausstellung.jpg
Otto Dix à direita (1957)

Arquivo: Otto Dix Sy von Harden.jpg

Retrato da Jornalista Sylvia von Harden - Otto Dix
Pragerstrasse - Otto Dix




Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.