quarta-feira, 30 de junho de 2021

30 de Junho de 1487: É publicado o primeiro livro impresso em Portugal

 O “Pentateuco” é considerado o primeiro livro impresso em Portugal. O único exemplar original conhecido  encontra-se na Biblioteca Bodleiana, na Universidade de Oxford. Trata-se do primeiro livro da Bíblia, uma narrativa desde a criação do Mundo, até à fixação do povo hebreu no Egipto, tendo sido, nesta primeira versão em Portugal, impressa em 110 fólios, com composição de 30 – 32 linhas. Foi concluído em 30 de Junho de 1487, na oficina de Samuel Gacon, editor judeu, conhecido também por Samuel Porteiro, detentor de uma das primeiras oficinas tipográficas instaladas em Portugal. O livro foi concluído em 30 de Junho de 1487. Para a edição desta obra em hebraico, teria existido já o recurso a caracteres metálicos móveis. Estes caracteres hebraicos eram quadrados e elegantes, de dois tamanhos, sendo o maior usado no texto e o outro, mais largo, nas rúbricas. A tipografia hebraica portuguesa teve as suas origens na Itália, de onde os judeus a teriam trazido para Portugal. Há a notícia de que outros incunábulos foram possivelmente impressos em Portugal antes de 1487, mas cujo desaparecimento tornou impossível, até hoje, a confirmação de que são anteriores àquela data. Estão neste caso as chamadas "Obras de D.Pedro" a "Imitação de Cristo" e a "Cartilha" de D. Diogo Ortiz.

                
Imagem: Novas da Lei ou Comentários ao Pentateuco, o segundo livro de sempre impresso em Portugal


Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.