quarta-feira, 3 de junho de 2020

03 de Junho de 2019: Morre a escritora Agustina Bessa-Luís


Maria Agustina Ferreira Teixeira Bessa-Luís nasceu no dia 15 de  Outubro de 1922, em Vila Meã, Amarante, mas foi sempre uma escritora do Porto. O Douro foi a grande inspiração do seu imagináiro romanesco. Publicou a primeira obra de ficção, «Mundo Fechado», aos 26 anos, quando vivia em Coimbra e já era casada. Dois anos depois fixou residência no Porto e foi já aí que publicou «Super-Homens», o seu primeiro romance.
Foi directora do «Primeiro de Janeiro» e do Teatro Nacional D. Maria II, foi elemento da Academia de Ciências de Lisboa, da Alta Autoridade para a Comunicação Social, da Academie Européenne des Sciences, des Arts et des Lettres de Paris e da Academia Brasileira de Letras.
«A Sibila»,publicada em 1954, é muito provavelmente a sua maior referência literária, obteve um êxito considerável, tendo sido objecto de sucessivas edições e vários prémios, como o Prémio Delfim Guimarães (1953) e o Prémio Eça de Queirós (1954), que a consagra como nome cimeiro da novelística contemporânea. Em maio de 2002, recebeu pela segunda vez o Prémio da Associação Portuguesa de Escritores relativo ao ano de 2001, atribuído à obra Joia de Família (2001). Esta sua obra também foi adaptada ao cinema por Manoel de Oliveira, dando origem ao filme O Princípio da Incerteza. Na sequência da trilogia literária iniciada com esta obra, a autora, em 2002, editou um novo romance, desta vez com o título A Alma dos Ricos.Ao longo da sua vida foi reconhecida pelos seus pares e premiada várias vezes. Entre outros, recebeu o Prémio PEN Clube, o Grande Prémio do Romance e da Novela da Associação Portuguesa de Escritores, Vergílio Ferreira, e o Prémio Camões. Também foi distinguida com a Ordem de Sant'Iago da Espada, a Medalha de Honra da Cidade do Porto e o grau de «Officier de l'Ordre des Arts et des Lettres», atribuído pelo governo francês.

Viu vários dos seus romances a serem adaptados ao cinema pelo amigo e realizador Manoel de Oliveira. Fanny Owen («Francisca»), Vale Abraão, As Terras do Risco («O Convento») e «O Princípio da Incerteza» passaram para o grande ecrã, para além de «Party», cujos diálogos foram igualmente escritos por si.
Morreu no dia 3 de Junho de 2019.
 
Fontes: www.tvi24.iol
Infopédia







Sem comentários:

Publicar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.